Do not wait for the generation y! Become a design thinker!

(Text in Portuguese after this )

Profound insights

Most companies have had their lives guided by the principles of maximizing of the existing as the best way to get the maximum profit. Their leaders have no concern with what is valid and reject the possibility to take the risk by establishing a dialogue to reach a decision.

Thus these companies will never be able to deliver to the user or consumer products under the brand “Wow!”

Here are three assumptions to develop a response according to Gary Hamel- “Wow

– A brilliantly conceived product is clever and amazing.

– A great design is ingenious and intuitive, and perfectly suited to its purpose.

 – A truly great design delivers the visual equivalent of a cioccolato gelato.

When business leaders seeking to create amazing products that cause awesome reactions in people they have to begin to experience an approach to design thinking .

Companies cannot wait for the next generations to integrate new ways of thinking and managing, because is not only through schools and curricular changes that we can build new forms of management .

Leaders also learn!

“Contrary to the old adage, I believe that you can teach old dogs new tricks. There is no need to wait until the next generation finds its way into positions of leadership: we can incorporate design processes into other departments now. Moving forward with a new way to develop projects and products is possible by applying collaborative design principles to your next conversation. Instead of drilling the “right answer” or defending your personal opinion, allow yourself to collect and combine the best aspects from each stated position. Embrace the “why” in a conversation, not just the “what.” Bring someone else into the conversation to provide a fresh perspective. Most important is the willingness to take a risk by presenting your ideas before you’re sure that you’re “right”; this is the only way to incorporate feedback and create the most positive, well-rounded outcome. It takes courage, faith, and commitment to design a new kind of dialog where colleagues develop ideas between each other rather than talking at each either. These are exactly the kinds of leadership skills and competencies that must be embraced at every level of the organization – instead of exclusively within the innovation and design teams.” So wrote Lisa Kay Solomon and I agree!

For that the management of the companies progress towards delivering products and services sustainable and amazing they have to start somewhere and this side is being prepared to face the divergence.

“You have to start with observation because it’s the only way to illuminate the subtle nuances about how people actually get things done (or don’t get things done), and it’s these deep insights that lead to powerful new ideas. Intellectual experimentation is equally critical because there’s no way to generate real breakthroughs unless people are willing to explore a lot of options in a divergent way. Finally, rapid and inexpensive prototyping is the most efficient way to move an idea from concept to reality. By ‘building to think’ instead of ‘thinking about what to build,’ an organization can dramatically accelerate its pace of innovation” Tim Brown – Change by Design

Leaders and managers must understanding design thinking because it is essential for its activity to travel to design products with world class.

Não espere pela geração y! Torne-se um pensador design!

 

Percepções profundas

A maioria das empresas têm tido a sua vida orientada por princípios de maximização do existente como a melhor forma de obter o lucro máximo. Os seus líderes não têm como preocupação o possivelmente válido e rejeitam assumir o risco de estabelecer diálogo para tomar uma decisão.

Desta forma essas empresas nunca serão capazes de entregar ao consumidor ou utilizador produtos com a marca “Wow”!

Vejamos três premissas para desenvolver uma reacção – “Wow

– Um produto brilhantemente concebido é inteligente e surpreendente.

– Um grande design é engenhoso, intuitivo e perfeitamente adequado a sua finalidade.

– Um projecto verdadeiramente grande entrega o equivalente visual de uma iguaria.

Quando os líderes das empresas procuram criar produtos que provoquem reacções surpreendentes nas pessoas eles têm de começar a experimentar uma abordagem de pensar design. 

As empresas não podem esperar pelas próximas gerações para integrarem novas formas de pensar e de gerir, porque não é só através das escolas e das alterações curriculares que se constroem novas formas de gestão.

Os líderes também aprendem!

“Contrariamente ao velho ditado, eu acredito que se pode ensinar a cães velhos truques novos. Não há necessidade de esperar até que a próxima geração encontra seu lugar em posições de liderança: podemos incorporar processos de design noutros departamentos agora. Avançar com uma nova maneira de desenvolver projectos e produtos é possível através da aplicação de princípios de design colaborativo na próxima conversa. Em vez de acertar com a “resposta certa” ou defendendo a sua opinião pessoal, permita-se colectar e combinar os melhores aspectos de cada posição indicada. Abrace o “porquê” de uma conversa, e não apenas “o quê.” Traga alguém para a conversa para oferecer uma nova perspectiva. O mais importante é a vontade de assumir o risco de apresentar suas ideias antes que esteja certo de que você está “certo, esta é a única maneira de incorporar o feedback e criar os mais positivos e bem justificados resultados. É preciso coragem, fé e compromisso com a concepção de um novo tipo de diálogo onde os colegas desenvolvem ideias entre si em vez de falar em com cada um deles. Estes são exactamente os tipos de habilidades de liderança e competências que devem ser adoptados em todos os níveis da organização – em vez de exclusivamente dentro das equipas de inovação e design.” Assim escreveu Lisa Kay Solomon e eu subscrevo!

Para que a gestão das empresas caminhe no sentido de entregar produtos e serviços surpreendentes e sustentáveis têm de começar por algum lado e esse lado é estarem dispostos a encarar a divergência.

” Tem de se começar com a observação, porque é a única maneira de iluminar as nuances subtis sobre como as pessoas realmente fazem as coisas (ou não fazem as coisas), e são essas percepções profundas que levam a novas ideias poderosas. A experimentação intelectual é igualmente crítica, porque não há maneira de gerar avanços reais a menos que as pessoas estejam dispostas a explorar uma série de opções de uma maneira divergente. Por fim, a prototipagem rápida e barata é a maneira mais eficiente de mover uma ideia do conceito à realidade. Através do “construir para pensar” em vez de “pensar sobre o que construir”, uma organização pode acelerar drasticamente o seu ritmo de inovação. ” Tim Brown – Change by Design

A compreensão, de pensar design por parte dos líderes e gestores de empresas, é fundamental para que a sua actividade se possa dirigir para produtos de design com classe mundial.

Anúncios

Etiquetas: , , , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: