Inovação a pensar em idosos!

Inovação para pessoas mais velhas!

 

Temos assistido a grandes revoluções tecnológicas dirigidas à população activa, mas as franjas das populações idosas são cada vez maiores.

Os idosos representam hoje o resultado de muita investigação e inovação na área da saúde e bem-estar e por isso, recai sobre a inovação a continuidade de um projecto. Revolucionar a revolução e criar condições de bem-estar e segurança para os idosos.

Este manifesto leva à reflexão sobre a direcção ou inclusão nas direcções da inovação, de uma camada da população que apresenta novas necessidades. Centremo-nos neles.

O nosso foco deverá agora incidir na filosofia da simplicidade, usabilidade, utilidade e entretenimento.

Há que manter a estabilidade emocional dos “novos consumidores”, que têm uma idade avançada e, portanto, não apresentam características motoras e mentais semelhantes à população activa.

Para isso a base de trabalho deve ser inovar adaptando, simplificando e clarificando o uso.

Esta atitude permite não só uma significativa redução de custos nos produtos ou serviços como, não altera comportamentos desejáveis que permitem harmonia nos aglomerados populacionais.

Esta é também uma atitude socialmente responsável.

Inovação tecnológica associada a inovação de processos e procedimentos pode permitir às populações idosas e não activas a conciliação desejável com as gerações mais novas.

 

O artigo abaixo transcrito (British Medical Journal), tem cerca de 10 anos de existência. É bom relembrar!

“A evolução da tecnologia também será importante. Tecnologia de assistência é um termo abrangente para qualquer finalidade projectada, dispositivo ou sistema que permite às pessoas, executar uma tarefa que de outra forma seria incapaz de fazer. Dispositivos deste tipo são importantes, como ajudas para a mobilidade, e outras actividades da vida diária, permitindo que os idosos permaneçam mais tempo em suas próprias casas. É cada vez mais possível estender o controlo do ambiente doméstico, para além da televisão familiar, do controlo remoto para ajustar o aquecimento, abertura de cortinas, ligar pontos de energia, abertura e travamento de portas, bem como fornecer acompanhamento externo aceitável. Adaptar o dispositivo de paginação padrão para alertar as pessoas com falta de memória é outra possibilidade atraente, um exemplo da maneira em que os avanços em micro electrónica e miniaturização dos bens de consumo em geral, deve render benefícios para tecnologia de assistência. Mas os mercados de tecnologias de apoio tendem a ser pequenos e fragmentados, levando a preços elevados e design subdesenvolvidos.

O maior impacto da tecnologia, sobre a idade associada à deficiência pode vir em vez do projecto, inclusive, uma abordagem que visa alargar a usabilidade através de um design ponderado com base em um entendimento abrangente das capacidades de toda a população, incluindo os idosos. Por exemplo, o último táxi de Londres é reivindicado como sendo, no mundo, o mais acessível, o design é baseado em pesquisas e consultas com os grupos de deficiência, para melhorar o acesso para todos, incluindo cadeiras de rodas. Para a habitação, a abordagem inclusiva de design aponta para casas “vida”, concebidas no início, para serem passíveis de adaptação, para atender às necessidades futuras, por exemplo, ter espaço para utilização de cadeiras de rodas, a ausência de medidas do piso térreo, um lavabo em baixo e acessível e espaço para uma cadeira no futuro.”

A orientação estava dada. Falta o quê? Vontade? Estão a chamar por pensar design!

Comente! Já pensou daqui a uns anos?

Anúncios

Etiquetas: , , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: