Design por analogia

Transferência de analogias (Parte 1)

Uma transferência, bem sucedida, de soluções de problemas de um sector, área ou domínio, para outro pode resultar em inovações substanciais.

Ao estudar a analogia podemos obter resposta para:

Como escalpelizar outros domínios, com problemas semelhantes, e identificar as melhores práticas.

Os estudos de analogia ampliam seu foco, para resolver problemas, e apoiar a identificação de abordagens novas e inovadoras.

Com base na definição do problema, uma equipa de pesquisa, interdisciplinar, procura analogias que sejam independentes do domínio de aplicação actual. O conhecimento dos membros da equipa, que é activado com diferentes técnicas de criatividade, é o ponto de partida.

Depois de reunir diferentes analogias, estas são avaliadas quanto à sua aplicabilidade, e as soluções são transferidos para o problema que temos em mãos.

Pode fazer sentido complementar este método com outros, tais como entrevistas qualitativas, análise de concorrência ou análise de tendências.

O pensamento analógico procede da fonte para o alvo.

O uso positivo de transferência analógica existe quando as características partilhadas pela fonte e pelo alvo são estruturadas. Por contraste, quando uma fonte e um objecto partilham atributos do objecto transferido, é muitas vezes realizada transferência negativa.

“Quando dois problemas partilham características, mas não as características da superfície, a transferência positiva espontânea deve ser mais provável em peritos do quem em novatos.

Quando dois problemas partilham características de superfície, mas não as características estruturais, a transferência negativa espontânea deve ser mais forte para os novatos do que para os especialistas.” – Laura R. Novick – Journal of Experimental Psychology

Há aqui a considerar, portanto, o factor experiência na forma como surgem os resultados de transferência de analogias.

Muitos designers procuram, nas palavras-chave ou em imagens significativas, as suas fontes analógicas. Depois eles transferem as fontes para fazer coincidir com equivalentes no trabalho que procuram realizar.

“Design por analogia é um a poderosa parte do processo de desenho, entre uma larga variedade de modalidades usadas pelos designers, tais como descrição linguística, Sketches, e diagramas. Precisamos de ferramentas para dar apoio às capacidades das pessoas para encontrar e usar analogias”Cambridge Journals

 Fontes : Yuan-YU Liao – Graduate Institute of Architecture, National Chiao Tung University

–       Cambridge Journals

–       How to use analogies to create breakthrough innovation? – Prof.Dr. Cornelius Herstatt

Advertisements

Etiquetas: , , , , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: