Inovação e Competências

 

Não resisti e li!

 

““Manifesto” da UE Inovação direcciona o foco no financiamento e nas competências 

Publicado : terça-feira 10 de novembro de 2009 

Os embaixadores acreditam que uma ampla política de inovação, juntamente com o aumento do investimento em ciência, tecnologia e design, vai ajudar a tornar a Europa mais competitiva.

Posições:

Jean-Philippe Courtois, Presidente da Microsoft Internacional, disse que o futuro da Europa depende da imaginação do seu povo e pediu aos líderes políticos e empresariais para criar um ambiente que encoraja o pensamento criativo.

Ele disse que a tecnologia tem o potencial para transformar radicalmente a sociedade e criar novos empregos, mas o investimento nas competências é essencial.

“A aquisição de competências em TI, por exemplo, é tão fundamental como a leitura e a escrita”, disse Courtois, que falou em nome dos 27 embaixadores. Ele disse esperar que o manifesto sirva como um guia para a nova Comissão Europeia, quando está a elaborar o seu programa para os próximos cinco anos.

Prof Edward de Bono, outro dos embaixadores disse que as pessoas criativas podem ajudar a proporcionar “novas ideias” para ajudar a encontrar soluções inovadoras para os problemas da sociedade. De Bono, o pai do pensamento lateral, disse que os economistas são capazes de descrever os problemas, mas mostram-se menos eficazes quando se trata de resolvê-los.”

 

Em: EurActiv Newsletter: Innovation & Creativity [newsletters@news.euractiv.com]

Comunicando

As minhas ideias podem ser as nossas!

Não sei quantas pessoas em Portugal, apesar da oportunidade, leram esta notícia, mas fiquei Inovativamente satisfeito com o que li.

Porque:

Fica claro que é essencial o investimento em novas competências e não só em tecnologia (ferramentas).

A preocupação ambiental deixou de ser exclusivamente verde para ser também cinzenta e branca na referência ao pensamento criativo.

“O novo pensamento” pode ser fornecido (com ajuda).

As equipas interdisciplinares (economistas, engenheiros, psicólogos, designers, etc) têm futuro garantido. Todos podem gerar, conceptualizar e implementar ideias.

E fiquei mais atento ao meu último “post” em que referi o investimento português em I&D porque é bom saber para onde pode ir esse investimento!

“Embaixatriz de Inovação: U.E. colhem os benefícios dos investimentos da Europa em I & D 

Blanka Říhová é uma embaixatriz do Ano Europeu 2009 da Criatividade e Inovação”

Etiquetas: , , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: